Governo do Estado

Governo do Estado

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Deputados acusam governo de grampear adversários

oposiçãoOposicionistas denunciaram hoje (21), na Assembleia Legislativa, que o Governo do Estado pode estar usando o Sistema de Segurança para grampear adversários políticos – e mesmo aliados considerados “alvos” pelo Palácio dos Leões.
O deputado Sousa Neto (PTN) foi quem levou o assunto à tribuna. Ele condenou a ação governista.
“O serviço de inteligência do estado era para trabalhar e para evitar explosão de caixas eletrônicos, e para evitar assaltos a bancos, mas está sendo usado para monitorar tanto a Oposição, quanto os aliados do Governo”, criticou.
Ele frisou que a recente exoneração do coronel Raimundo Nonato Santos Sá, que ocupava o cargo de subcomandante do policiamento da Polícia Militar do Estado, e a inesperada demissão da então secretária adjunta da Saúde, Rosângela Curado, foram ocasionadas por monitoramentos, feitos inclusive por meio de escutas telefônicas.
Sousa Neto informou que irá ingressar no Ministério Público do Estado, com representação à procuradora-geral de Justiça, Regina Rocha, pedindo explicação sobre o sistema guardião, solicitando instauração de procedimento administrativo junto a esta Procuradoria de Justiça para saber das medidas judiciais necessárias a fazer cessar e responsabilizar civil e criminalmente os envolvidos nesta ilegalidade.
“Estamos diante de algo muito grave: a estrutura do Estado hoje é feita para perseguir, e a gente tem que ter cuidado. Eu falo isso, e me desculpem o desabafo, mas é porque esta Casa tem que tomar um posicionamento, pois todos nós estamos sendo grampeados no telefone. Se a gente for falar com alguém aliado ou adversário do governo, a gente tem que ter cuidado”, frisou.
Edilázio Júnior (PV) e Andrea Murad (PMDB) também comentaram o caso. O parlamentar verde conclamou os oposicionistas a “tomar providências”.
“O governador Flávio Dino não tem obra para mostrar, não tem nada para falar, e o governo dele vem se destacando pela ameaça, pela intimidação. No mês passado um amigo meu delegado já havia falado desses grampos e temos que tomar providência”, afirmou Edilázio.
Segundo Andrea Murad, deputados da base também estão sendo grampeados. “Já havia falado sobre esse o assunto e não são apenas os deputados de oposição, os deputados da base do governo também são monitorados. Eu espero sinceramente que esta Casa se mobilize, se una para que tenhamos realmente uma confirmação ou não de que isso está acontecendo”, disse Andrea.
Outro lado
Também em pronunciamento da tribuna, o líder do Governo na Casa, deputado Rogério Cafeteira (PSC), defendeu a apuração do caso, mas garantiu que tudo não passa de boato.
“Essas questões de grampos não são de hoje, são de muito tempo e de vários governos. Só que não acredito que isso esteja ocorrendo agora e nem que ocorreu no passado. Acho que isso é uma especulação que existe, mas quero aqui de pronto já dizer que tem meu apoio para que a gente faça esse questionamento”, declarou Cafeteira.

Nenhum comentário:

http://omaiordomundobr.blogspot.com.br/2017/03/governo-do-maranhao-bolsa-escola.html