Governo do Estado

Governo do Estado

sexta-feira, 28 de julho de 2017

“O que aconteceu foi um adultério”, afirma mãe de Lucas Porto

A mãe do empresário Lucas Porto, Heliene Porto, concedeu entrevista exclusiva à jornalista Jacieny Dias e fez algumas revelações que contrariam algumas afirmações feitas pela própria Polícia Civil do Maranhão e pela família da vítima, Mariana Costa, assassinada covardemente no final do mês de novembro de 2016 (reveja).
Em pelo menos dois pontos da entrevista existem graves divergências. O primeiro deles é que a senhora Heliene Porto afirma que o que aconteceu no dia do crime foi um adultério.
“Ele contou detalhes, que para gente foi até surpresa, o que aconteceu naquela tarde foi um adultério entre eles, uma coisa consensual, mas a família não quer aceitar”, diz a mãe de Lucas Porto.
A afirmação de Heliene Porto vai de encontro ao depoimento do próprio Lucas Porto, que, segundo o secretário de Segurança Jefferson Portela, teria não só confessado o crime, como o estupro e negado qualquer relacionamento amoroso anterior com a vítima (reveja).
A mãe de Lucas Porto também afirmou que desde 2011 foi notado uma mudança de comportamento dele e que isso teria sido informado pela própria esposa de Lucas, Carolina Costa, irmã da vítima. Heliene afirma que todos juntos chegaram a ir num consultório psiquiátrico e que ele começou a fazer uso de uma medicação.
Heliene Porto termina a entrevista declinando o seu desejo e expectiva: “Eu só quero provar a verdade e tirar meu filho de lá, quero ele de volta aqui em casa, ele está fazendo muito falta”, finalizou.
Do blog do Jorge Aragão.

Um comentário:

Anônimo disse...

Ah, ele está fazendo falta? Ela não está, né? Nem a sua mãe, nem a seus filhos, familiares e amigos. Ele de fato tem muitos problemas e o maior deles é a falta de caráter. Vejo que é de genética.
E se for morte devido a adultério também é crime!

http://omaiordomundobr.blogspot.com.br/2017/03/governo-do-maranhao-bolsa-escola.html